Lista de material escolar 2020 – 7° série ensino fundamental

Todo início de ano é comum os pais se preocuparem com a matrícula de seus filhos na escola, bem como com a compra dos materiais que serão utilizados no novo período letivo.

Curiosamente, a lista de material escolar 2020 para alunos da 7° série do ensino fundamental segue padrões básicos de anos anteriores, mudando somente alguns pontos.

Confira, aqui, a lista de materiais escolares 2020 para esses alunos, saiba o preço médio desse kit e veja indicações para comprar com o melhor valor e economizar.

Como funciona a lista de materiais escolares 2020

De maneira geral, a lista é indicada pela própria escola, contendo materiais básicos (cadernos, por exemplo) e outros complementares (como livros didáticos e aventais).

Há um detalhe importante a ser lembrado: por lei, os pais não podem ser cobrados por materiais de uso coletivo. Portanto, se a lista envolver esses itens, desconsidere-os e questione a escola o porquê de esses materiais serem cobrados.

Os pais devem comprar somente itens de uso individual, ou seja, tudo o que seu filho (somente ele) utilizará nas aulas durante todo o ano letivo. Eventuais reposições pontuais talvez precisem ser feitas, mas sempre respeitando a lista apresentada pela escola.

Lista de materiais escolares 2020 – 7° série ensino fundamental

A lista de materiais escolares para alunos da 7° série do ensino fundamental é composta de itens básicos. A seguir, apresentamos quais são eles:

  • 8 cadernos universitários com 96 folhas (um para cada matéria – língua portuguesa, matemática, geografia, história, ciências, redação, literatura e inglês);
  • 5 lápis;
  • 2 borrachas;
  • 1 apontador com depósito;
  • 3 canetas esferográficas na cor azul;
  • 3 canetas esferográficas na cor preta;
  • 1 caixa de lápis de cor com 12 tonalidades;
  • 1 tesoura sem ponta;
  • 1 marcador de texto;
  • 1 compasso;
  • 1 kit geométrico com régua, transferidor e esquadros;
  • 1 bloco de desenho tamanho A4 com 50 folhas Canson sem margem;
  • 1 pasta polionda de 20 mm tamanho ofício;
  • 1 cola bastão grande;
  • 1 grampeador;
  • 1 estojo;
  • 1 mochila;
  • 1 dicionário de português;
  • 1 dicionário de inglês – português.
Atenção! Essa não é a lista de material escolar oficial e contém somente os itens genéricos pedidos pela maior parte da escolas particulares, estaduais e municipais. Busque a lista oficial do seu colégio para averiguar eventuais especificidades, principalmente quanto aos livros exigidos.

Lembrando que esses são os itens essenciais. Pode ser que a escola já solicite a compra dos livros que serão utilizados no decorrer do ano, além do tradicional dicionário.

Normalmente, são livros das matérias do próprio ensino fundamental e obras literárias. Como cada escola trabalha com livros específicos, verifique na lista os que são pedidos para comprá-los corretamente.

Depois de comprar tudo, não se esqueça de identificar esses materiais, principalmente cadernos, canetas, lápis e livros, porque as chances de perda são grandes. Basta etiquetá-los com o nome do aluno, o que ajudará a localizar o dono rapidamente se houver perda.

Preço médio da lista de material escolar

O preço médio do kit de material escolar costuma variar de acordo com o estado em que a pessoa reside, bem como com a loja em que tais itens são comprados. Mas, é possível estabelecer um preço médio, que é de cerca de R$ 200 a R$ 300.

Vale citar que esse preço é somente para a lista básica de material escolar. Os livros utilizados geralmente possuem preço mais elevado, o que pode aumentar substancialmente o valor gasto.

Confira no vídeo abaixo a apresentação do material por uma estudante:

Melhores lojas para encontrar os materiais escolares

Pode não parecer, mas a internet é sua grande aliada na hora de comprar materiais escolares! Portanto, antes de começar a bater perna para encontrar o melhor preço, faça pesquisas em lojas virtuais como Kalunga, Lojas Americanas e Amazon.

Se o orçamento estiver curto e não der para comprar tudo novo, considere adquirir materiais usados, é só verificar em sites como OLX e Mercado Livre. Outra opção é se juntar a mais pais e comprar no atacado.

No que se refere aos livros solicitados pela escola, há três formas de comprá-los. Uma delas é diretamente na instituição de ensino, se ela oferecer essa opção. A diferença é a praticidade, já que não é preciso pesquisar por livrarias.

Outra opção é na clássica livraria ou diretamente com a editora. Neste último caso, pode ser que a empresa dê algum desconto especial, já que a compra é realizada diretamente com a editora.

A última opção é para quem deseja economizar: compre os livros em sebos ou sites especializados em materiais usados. Nestes casos é possível economizar consideravelmente.

Rafaela Trevisan Cortes

Rafaela Trevisan Cortes, jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Revoltada por natureza, vê na comunicação uma oportunidade de extravasar a sua paixão por curiosidades, arte e conhecimento.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content